Patrimônio Arqueológico de Itiquira

O patrimônio arqueológico do Estado de Mato Grosso se define por uma marcante diversidade cultural desde a sua pré-história.

No município de Itiquira podem ser encontrados certos elementos desse patrimônio. Esta região está inserida no mapa de Curt Nimuendajú (IBGE,1987) em área de ocupação pretérita dos índios bororo e bakaeris, definindo-se como área de limite destes grupos com os cayapós à época do povoamento do Mato Grosso.

Em Itiquira, a referência aos bororos como sendo os primeiros habitantes do local é bastante divulgada.

Nas pesquisas de campo foram detectados vestígios arqueológicos no rio Sozinho próximo a uma barragem. Também existem algumas informações não totalmente confirmadas, sobre a existência de cerâmica nos limites da cidade de Itiquira, no terreno onde está instalado o Auto Posto Itiquira. Recentemente foram encontradas inscrições rupestres nas imediações da usina Hidrelétrica de Itiquira, e na fazenda Olho d’água do proprietário Oscar de Carvalho. Denominado “Abrigo pedra de fogo”.